Primeiro imóvel? Conheça os principais erros de decoração cometidos e evite-os!

Primeiro imóvel? Conheça os principais erros de decoração cometidos e evite-os!

O sonho de mudar-se para o primeiro imóvel é um momento que encontra diversas pessoas, no entanto, esse anseio pode fazer com que alguns erros sejam cometidos ao criar novos espaços, tendo em vista a correria que uma mudança e a aquisição ou locação de um imóvel trazem.

A excelente notícia é que a maior parte desses problemas podem ser facilmente resolvidos, ou ainda melhor, evitados, caso você esteja atualmente na fase de planejamento para esse acontecimento.  

Ao pensar nisso, elencamos os principais erros cometidos na decoração do primeiro imóvel por grande parte das pessoas. 

Acompanhe para adiantar-se e evitá-los:

1.  Não atentar-se às proporções certas do espaço

Esse erro é um clássico e pode ser cometido até mesmo por quem já mudou 2, 3 e até mais vezes. Trata-se de não ter real noção do espaço disponível.

Antes de sair comprando móveis, é essencial ter uma noção embasada nas metragens disponíveis para investir de maneira acertada!  

É sempre bom considerar o espaço de circulação, afinal, mais que belos móveis garantirão o bem-estar e conforto dos moradores e visitantes deste espaço.

Tanto se fala sobre a aplicação de espelhos em espaços reduzidos para sua ampliação, quando na verdade, entre os maiores fatores de ‘roubo’ dessa sensação de amplitude são móveis adquiridos antecipadamente.

Sala de estar com móveis muito grandes para o espaço. Photo: Nuff - Unsplash
Móveis muito grandes  dificultam e até mesmo anulam a circulação de certas áreas no ambiente. Foto/Produção: Nuff – Unsplash

Por isso, é de extrema importância considerar a proporção dos mesmos além da de objetos de decoração em relação ao espaço que você terá, para assim garantir a harmonia entre eles.

Reaproveitar um antigo móvel é uma prática crucial, no entanto é preciso avaliar se, de fato, são coerentes com o novo imóvel e, se necessário, entender que pode ser o momento de desapegar.

As chamadas plantas baixas, com as metragens de cada ambiente, podem ser a solução para esse problema.

2. Comprometer a iluminação natural

A luz natural é extremamente revigorante, tanto para a saúde e bem-estar do corpo e mente, quanto para a decoração da casa.

Considere a iluminação natural do imóvel desde o momento de sua escolha.

3. Receio em usar cores no primeiro imóvel 

Embora o uso de uma paleta monocromática seja algo quase 100% assertivo, por medo, diversas pessoas acabam deixando suas identidades de lado, no que deveria ser o ápice de expressão dela, o lar!

Isso pode gerar, em muitos casos, ambientes frios sem conter a personalidade dos moradores.

Com isso em mente, nosso dica é:

Não tenha medo de utilizar cores!

Podem ser utilizadas combinação de cores opostas ou ainda complementares. Dependendo apenas de sua predileção.  

Uso de cores no primeiro imóvel pode ser adicionada inicialmente aos acessórios. Photo. R ARCHITECTURE - Unsplash
O uso de cores no primeiro imóvel pode ser adicionada inicialmente nos acessórios. Foto/Reprodução: R. Architecure – Unsplash

 

Sofá em tom mostarda e parede em cinza escuro trazem destaque e contraste ao ambiente dessa sala. Foto: Trend - Unsplash
Sofá em tom mostarda e parede em cinza escuro trazem destaque e contraste ao ambiente dessa sala. Foto/Reprodução: Trend – Unsplash

4. Junção de estilos não complementares em um único espaço

Quem já passou ou encontra-se nessa fase, sabe muito bem a ansiedade que ele engloba.

Sem dúvidas uma das partes mais interessantes de se ter o próprio ambiente é arquitetar sua decoração.

Esse é um momento em que várias pastas com inspirações são criadas e ficam repletas delas.

Muitas vezes ocorre que diversas ideias são postas na mesma área, ocasionando na perda dessa decoração tão desejada inicialmente.

Entre elas podemos citar combinações de objetos que são se harmonizam.

É claro que a sua casa precisa ter a sua cara, mas não é necessário adicionar a esse local todas as coisas juntas de que você gosta no mundo.

É possível fazer isso de forma pontual, harmonizada e elegante ponderadamente.

Está gostando dessas dicas? 

Então não deixe de conferir mais 2 delas a seguir! 

Veja também: 

+ SALAS PEQUENAS: 11 DICAS PARA OTIMIZAR E EMBELEZAR ESSE ESPAÇO 

+ CORES NO FENG SHUI: CONHEÇA OS SIGNIFICADOS E COMO ESCOLHER

+ COMO FAZER O APARTAMENTO PARECER MAIOR COM MUDANÇAS SIMPLES