Tendência: madeira de demolição na decoração

Tendência: madeira de demolição na decoração

A madeira de demolição é um material que vem se tornando cada vez mais popular nas decorações. Com ela, é possível compor a área interna e a externa de residências, combinando o rústico a outros estilos de construção e decoração.

De onde vem a madeira de demolição?

A madeira de demolição é um material reaproveitado. Ela vem de casas antigas, principalmente do século XX, que por algum motivo foram demolidas, de postes de energia antigos e de linhas ferroviárias que tiveram seus trilhos substituídos.

Hoje, a madeira do segmento mais comum no mercado é a peroba rosa. Utilizando a madeira de demolição é possível ter acesso a madeiras de lei como Jatobá, Angelim Pedra, Ipê, Jacarandá e Carvalho.

O uso da madeira

A madeira tem marcado presença nos projetos de diversos arquitetos, trazendo um toque rústico à decoração do ambiente. Ela pode ser utilizada em grande quantidade ou apenas em detalhes e junto com outros materiais e texturas como metal, cobre, pedras, revestimento, inox, tecido, vidro, entre outros.

Ela pode ser tratada, lixada, escovada, polida e envernizada. É um material versátil que pode ser usado em ambientes internos e externo e ter diversas aplicações.

O fato da madeira de demolição possuir marcas do tempo valoriza ainda mais a peça final.

Ela pode ser utilizada em móveis, revestimentos, aplicações de vigas decorativas, pergolados, jardins verticais e portas, tornando composição do ambiente única.

Madeira x Meio ambiente

O meio ambiente é o motivo de preocupação de muitos arquitetos na construção e reforma. O uso da madeira passou a ser questionado, principalmente em tempos que falamos tanto sobre preservação de florestas.

A madeira de demolição é um material sustentável e poupa o uso e novos recursos. Ou seja, evita que novas árvores sejam cortadas e que esse material seja descartado.

Inspire-se nas nossas dicas e adote essa decoração para o seu ambiente!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *